<BODY> ~*~* Meu Bebê Dudu *~*~


Dudu




Meu filhinho Eduardo nasceu no dia 17 de setembro de 2005, às 1h 40, em Brasília/DF, pesando 3,915kg e medindo 51 cm, um garotão com certeza! Hoje ele está às vésperas de completar 2 anos. É um menino muito ativo, carinhoso e inteligente. Uma maravilha!


1º Blog – Gravidez
2º Blog – Parto
3º Blog – Vida de Bebê
4º Blog – Até 1 Ano



Mamãe




Meu nome é Catarina e sou autora desde blog que começou em 29/5/2005. Aqui estão registradas as experiências de uma mãe de primeira viagem muito feliz desde a descoberta da gravidez em 9/1/2005. Na época eu tinha 28 anos e 6 anos de casada com o Rubens, pai do Dudu. Deixo aqui nossos momentos de alegria, ansiedade, paz e luta para eternizá-los na memória dos que lerem este blog.



Papai




Este é o pai do Dudu e meu marido com quem sou casada desde maio/1999. Ele é um pai muito carinhoso e presente.



Irmão Guilherme




:: Blog do Guilherme



Na Barriga




A gravidez do Dudu foi o período mais feliz e pleno de toda a minha vida. A felicidade em estar grávida era tanta que todos os desconfortos foram recebidos com alegria. Fiquei grávida por 40 semanas e 3 dias, engordei 17 kg e aprendi bastante sobre gravidez e parto. Tivemos uma doula que nos ajudou muito antes, no dia do parto e depois dele, a querida Clarissa Kahn.



Parto




Senti as primeiras contrações às 10h 30 do dia 16/9 no trabalho, onde fiquei até às 17h. Minha intenção era ficar o maior tempo possível em casa evitando assim intervenções desnecessárias e assegurando a chance de ter um parto normal. Desde que engravidei meu sonho era trazer o Dudu ao mundo da forma mais natural possível. Assim, naquele dia senti a dor mais maravilhosa que existe e num turbilhão de emoções o Dudu nasceu após 6 horas de trabalho de parto ativo. Como foi fantástico sentí-lo sair de mim! Depois desse dia tive certeza que eu era capaz de tudo na vida e me sentia uma vencedora de maratona. Obrigada, Dudu, por ajudar a mamãe nesta hora tão crítica.



Amigos


:: Adri, Sofya e Emanuelle
:: Ageu e Matheus
:: Alê e Pedro Luís
:: Aline e Júlia
:: Aline e Bárbara
:: Aline e Ric
:: Alyne e Matheus
:: Ana e Lorenzo
:: Andreza e Teru
:: Ângela e Matheus
:: Bia e Lucas
:: Bia, Lucas e Thiago
:: Bia, Yohana e Yan
:: Bina e Brenda
:: Carla e Marina
:: Cris e Ícaro
:: Cris e Lucas
:: Cristina e Sarah
:: Cristina, Ingrid e Anne
:: Chrystina, Bruno e JP
:: Dani e Caio
:: Dedéia, Pedro e Júlia
:: Eva e Lucas
:: Fabi e Catarina
:: Jack, Ruan e Paulo Victor
:: Jane e Maria Júlia
:: Kátia Regina e Ana Luísa
:: Keila, Lucas e Gabriel
:: Keity e Lucas
:: Lílian e Nicolas
:: Lisa e Eduardo
:: Lívia e Miguel
:: Lu, Guilherme e Gustavo
:: Mary e Camila
:: Nádila e André
:: Noelma, Pedro e Ana
:: Paty e Gigio
:: Pri, João e Maria
:: Ranne e Maurinho
:: Renata, Isabella e Eric
:: Ruth e Davi
:: Roseli e Breno
:: Ryvane e Ana Clara
:: Selma, Alex e Natália
:: Simoni e Henrique
:: Tábata, Gab e Gui
:: Taci e Danilo
:: Telma e David
:: Valéria e Júlia
:: Valéria e Tikinha
:: Vanessa, Davi e Pedro
:: Ví e Amélie (senha)
:: Vi, Thiago e Júlia
:: Rosileide e Ana Beatriz
:: Bia e Biel
:: Camila e Helena
:: Kelly e Eduardo
:: Fran e Madu
:: Fê Biel e Gui
:: Flávia, Giovanna e Miguel
:: Roberta, Lucas e Diego
:: Mara e Bia
:: Lígia e Vivi
:: Lea e Davi
:: Fabi, Babi e Bia
:: Débora e Dudu
:: Fê e Amandinha
:: Vivi e Francisco
:: Márcia e Mel
:: Simoni e ?
:: Thaty e Alice



Visitas




Mural





Hoje é...






Música





Link-nos


Pegue nosso selinho





Pegue nosso selinho





Pegue nosso award







Passado


Blog Antigo

Arquivos:
Julho 2007
Agosto 2007
Setembro 2007
Outubro 2007
Novembro 2007
Dezembro 2007
Janeiro 2008
Fevereiro 2008
Março 2008
Abril 2008
Maio 2008
Junho 2008
Julho 2008
Agosto 2008
Setembro 2008
Outubro 2008
Novembro 2008
Dezembro 2008
Janeiro 2009
Fevereiro 2009
Abril 2009
Maio 2009
Junho 2009
Julho 2009
Outubro 2009
Março 2010
Maio 2010



Parceria



Blog Brasil Acadêmico


Créditos



Conceitos Design

eXTReMe Tracker





sexta-feira, 3 de agosto de 2007

Lilypie 3rd Birthday Ticker



Ainda com a virose
*
*
O Dudu ainda está com a virose, anda muito nervoso e por tudo chora e grita. Tudo tem que ser do seu jeito, caso contrário, “tampa de fumaça”. Ele quer a mãe só pra ele, a babá só pra ele e o pai só pra ele.
*
Às vezes, só da babá falar com o Guilherme, o Dudu reclama: Não, Úxiana (Luciana), paia cum isso !(pára com isso). Um ciúme brabo. Tem dias que não tenho muita paciência, quando o ciúme se mistura com a desobediência dos 2 anos, acrescido de fome e do sono, o “bicho pega”. Dá vontade de fugir daquela confusão, rs... Argumentar, pedir, brigar, ignorar, nada dá certo. Aí eu apelo: Luciana, ajoelha e reza para o dia acabar! Rs...

*
Acho que por ter ficado doentinho, o Dudu se dedicou mais aos papéis e conseguiu fazer um círculo. Bom, não era um círculo no sentindo da palavra, parecia mais uma gota. O que achei interessante foi ele conseguir unir o início ao final da linha. Antes os desenhos eram só linhas e arredondar o traço é meio difícil. Depois de desenhar, o menino veio me mostrar todo orgulhoso e perguntei o que era, sabem o que ele disse? - É um coação, mamãe. Dei um grito de entusiasmo, dizendo que era lindo, maravilhoso e milhares de outros elogios, beijos e abraços.
*
Qualquer coisa que o Dudu faz é motivo de muito orgulho para mim. Sempre acho fantástico, genial, perfeito, rs...“a mãe deslumbrada” ataca novamente, rs... Adoro elogiar o meu menino e mesmo o achando muito ativo, sempre tento dizer palavras boas a ele. Criança é muito influenciável, se a gente vive dizendo a ela que é teimosa, desobediente, danada, etc, aí a coisa piora e a criança incorpora de vez os adjetivos.

*

Percebo que o Dudu fica muito frustrado quando não consegue fazer algo. O menino é extremamente sistemático e qualquer coisa que faz tem que ficar perfeita ou ele chora, grita, atira longe. Rs.... Por exemplo, ele começa a empilhar os carrinhos, quando a pilha cai, ele se irrita e chora. Aí, até convencê-lo a fazer de novo....

*
Ah, Luciana é a babá que está conosco há 5 meses. Ela é uma excelente profissional (da agência kanguruh) e a cada dia me surpreende com seu bom trabalho. Ela cuida muito bem dos meninos, sempre verifica se precisam trocar as fraldas, dá a comida na hora e os remédios na hora certa, além de brincar com eles o tempo todo. Nunca a vi deixar os meninos no chão e sentar no sofá para assistir novelas (o que muita babá faz). Pelo contrário, ela que pede para colocar os DVDs dos meninos mesmo quando estamos vendo TV.

*
Ela reforça as primeiras noções de higiene como escovar os dentes depois que comer, escovar a língua e a bochechas, lavar o rosto, lavar as mãos e pés, pentear os cabelos, trocar o pijama, tomar banho, etc. Coisas naturais para os adultos mas que as crianças precisam aprender. É tão bonito ver uma criança bem cuidada, com as unhas cortadas, o cabelo penteado (na medida do possível) e outras coisas.

*

A babá é o meu braço direito, nunca faltou, nunca foi rude com os meninos, nunca deixou de cumprir suas tarefas e faz tudo com excelência. Fico até com medo de elogiar tanto e as coisas desandarem como aconteceu com a babá-ladra. Rs... A Lú está sempre disponível e é muito trabalhadora, uma maravilha única que tive a sorte de encontrar. Tudo bem que ela não consegue fazer nenhuma outra tarefa além de cuidar dos meninos, mas o que ela faz já é o que importa para mim.
*
Que tranqüilidade chegar em casa e os meninos estarem bem, alimentados, banhados e brincando. Eu até perguntei se da fábrica de onde ela saiu não existe outra para me ajudar no serviço da casa, rs... Tão educada, que dá gosto. Vou parar de elogiar, senão....rs....

*

Hoje no parque eu estava observando um menino, tadinho! Do jeito que acordou, a infeliz da babá o levou ao parque. O cabelo do menino estava todo em pé, a boca suja de achocolatado, e os olhos com remelas. Nem o pijama do menino a moça tirou.
*
Fiquei chateada pensando que com certeza a mãe dele tem que sair cedo para o trabalho e não sabe o que está acontecendo ao filho. É desumano o descaso que a babá mostrou por aquela criança. Fiquei com pena do menino e falei à babá que devia arrumar a criança antes de descer. Ela fingiu que não ouviu. Fico imaginando que é bem possível que essa moça faça coisas piores como não dar comida direito para a criança.
*
Ah, gente, fico muito indignada, pois penso nos meus meninos e me coloco no lugar de outras mães. Juro que se eu conhecesse a mãe do garoto e contaria tudo que se passa quando ela não está. Durante minha licença-maternidade, vi coisas que as babás fazem, nos parquinhos, de arrepiar os cabelos. É muito triste ver crianças sendo tratadas assim. Só quem não tem compaixão não fica indignado.

*
Estou sem empregada novamente e nunca fiquei tão feliz...rs... A última que arrumei, começou dia 31/7 e hoje pediu contas. Não tinha higiene, no primeiro dia chegou exigindo o que comer, estragou as mamadeiras dos meninos e em 3 dias de trabalho conseguiu a façanha de quebrar um copo. Fiquei com medo desta última e combinei com a babá para ela confirmar a história que em minha casa tinha câmeras. Quem não deve não teme, agora quem quer fazer coisa errada....
*
Hoje meu lema é: antes só que com uma má empregada, rs... Graças à Lú que garante o cuidado dos meninos, estou tranqüila. Na segunda-feira, a agência deve mandar alguém para mim.

*

Estou tentando fazer um lay novo para esse blog, mas o Dudu não anda muito fã de tirar fotos. Ele foge, se esconde ou faz cara feia assim que pego a câmera, rs... Só tenho fotos dele de costas, rs...
*
Beijos a todas.




Às 11:40

8 Aqui também pode!

8 Comentários:

teste teste teste

By Anonymous Anônimo, at 3 de agosto de 2007 13:04  

oi Catarina,

Eu de novo marcando presença, que dó do Dudu, ninguém merece ficar doente, mas estou orando para passar logo, que bom q vc encontrou essa "Babá fada" que é real, o André não tem pois já está com 7 anos, tenho só uma moça que faz o serviço de casa todos os dias e dormir em aqui e vai para casa dela só fim de semana, mas ela também é um anjo, além de cuidar da casa todas as tarde ela desce com ele e ajuda em tudo o que necessitar, é tipo um faz de tudo...

Bjim e bom final de semana

By Blogger Nadila, at 3 de agosto de 2007 15:04  

Oi amiga! Tadinho do Dudu, criança doente deixa a gente chateada!
E imagine ele sentido a dor no corpo, por isso fica chatinho! Espero que ele melhore logo!
E to aqui contente pacas por vc ter encontrado essa babá tão bacana e cuidadosa com os meninos!
Assim vc pode ir trabalhar tranquila! Realmente dá pena das outras mães! Tão complicado né?
Fico aqui torcendo pra o Dudu melhorar logo!
Beijo grande pra vc e para o Dudu!

By Blogger Katia Regina, at 4 de agosto de 2007 16:57  

É isso ai Cat.. oque importa no final é o cuidados que elas tem com nossos filhos...
O minha Lú, baba do Davi, também é minha empregada, sempre disse que primeiro é o Davi, depois o Davi e depois é o Davi de novo...
Mas mesmo assim ela da um duro damando em casa...
Beijos e fiquem com Deus.
Vanessa.

By Blogger Meus amores, at 6 de agosto de 2007 12:44  

Cat, eu tb fico chocada com o descaso das babás ma pracinha. Pior que o descaso, são umas que agridem e humilham verbalmente a criança. Aqui no bairro onde eu moro, msm no fds, as maiorias das crianças vão acompanhadas por babás ou folguistas. Por outro lado, tb reparo q essas péssimas são exceção. Tem muitas babás atenciosas e amorosas, tvz até mais do que a mãe. Tudo bem qd a mãe trabalha, ou qdo é mais de um filho, às vezes a babá passa a ser essencial, mas acho que muita gente acaba fazendo vista grossa para esses sinais de maus tratos. Que bom que vc achou uma pessoa de confiança, isso é essencial, ainda mais se tratando de nosso bem mais precioso.
bjs
Fabi e Cat

By Blogger Fabi Cimieri, at 6 de agosto de 2007 19:38  

Ahm já vi que vc conseguiu ativar a moderação de comentários, é a melhor coisa que vc faz.
bjs

By Blogger Fabi Cimieri, at 6 de agosto de 2007 19:38  

Olá, Cat! E o Dudu? Melhorou da virose? Mande notícias deste "PEQUENO SAMURAI"!!!! Beijocas!

By Anonymous Chrystina, at 9 de agosto de 2007 19:01  

Amiga tá tudo bem por aí, e o Dudu melhorou?

By Blogger Flores em você, at 10 de agosto de 2007 10:30  

Post a Comment