<BODY> ~*~* Meu Bebê Dudu *~*~


Dudu




Meu filhinho Eduardo nasceu no dia 17 de setembro de 2005, às 1h 40, em Brasília/DF, pesando 3,915kg e medindo 51 cm, um garotão com certeza! Hoje ele está às vésperas de completar 2 anos. É um menino muito ativo, carinhoso e inteligente. Uma maravilha!


1º Blog – Gravidez
2º Blog – Parto
3º Blog – Vida de Bebê
4º Blog – Até 1 Ano



Mamãe




Meu nome é Catarina e sou autora desde blog que começou em 29/5/2005. Aqui estão registradas as experiências de uma mãe de primeira viagem muito feliz desde a descoberta da gravidez em 9/1/2005. Na época eu tinha 28 anos e 6 anos de casada com o Rubens, pai do Dudu. Deixo aqui nossos momentos de alegria, ansiedade, paz e luta para eternizá-los na memória dos que lerem este blog.



Papai




Este é o pai do Dudu e meu marido com quem sou casada desde maio/1999. Ele é um pai muito carinhoso e presente.



Irmão Guilherme




:: Blog do Guilherme



Na Barriga




A gravidez do Dudu foi o período mais feliz e pleno de toda a minha vida. A felicidade em estar grávida era tanta que todos os desconfortos foram recebidos com alegria. Fiquei grávida por 40 semanas e 3 dias, engordei 17 kg e aprendi bastante sobre gravidez e parto. Tivemos uma doula que nos ajudou muito antes, no dia do parto e depois dele, a querida Clarissa Kahn.



Parto




Senti as primeiras contrações às 10h 30 do dia 16/9 no trabalho, onde fiquei até às 17h. Minha intenção era ficar o maior tempo possível em casa evitando assim intervenções desnecessárias e assegurando a chance de ter um parto normal. Desde que engravidei meu sonho era trazer o Dudu ao mundo da forma mais natural possível. Assim, naquele dia senti a dor mais maravilhosa que existe e num turbilhão de emoções o Dudu nasceu após 6 horas de trabalho de parto ativo. Como foi fantástico sentí-lo sair de mim! Depois desse dia tive certeza que eu era capaz de tudo na vida e me sentia uma vencedora de maratona. Obrigada, Dudu, por ajudar a mamãe nesta hora tão crítica.



Amigos


:: Adri, Sofya e Emanuelle
:: Ageu e Matheus
:: Alê e Pedro Luís
:: Aline e Júlia
:: Aline e Bárbara
:: Aline e Ric
:: Alyne e Matheus
:: Ana e Lorenzo
:: Andreza e Teru
:: Ângela e Matheus
:: Bia e Lucas
:: Bia, Lucas e Thiago
:: Bia, Yohana e Yan
:: Bina e Brenda
:: Carla e Marina
:: Cris e Ícaro
:: Cris e Lucas
:: Cristina e Sarah
:: Cristina, Ingrid e Anne
:: Chrystina, Bruno e JP
:: Dani e Caio
:: Dedéia, Pedro e Júlia
:: Eva e Lucas
:: Fabi e Catarina
:: Jack, Ruan e Paulo Victor
:: Jane e Maria Júlia
:: Kátia Regina e Ana Luísa
:: Keila, Lucas e Gabriel
:: Keity e Lucas
:: Lílian e Nicolas
:: Lisa e Eduardo
:: Lívia e Miguel
:: Lu, Guilherme e Gustavo
:: Mary e Camila
:: Nádila e André
:: Noelma, Pedro e Ana
:: Paty e Gigio
:: Pri, João e Maria
:: Ranne e Maurinho
:: Renata, Isabella e Eric
:: Ruth e Davi
:: Roseli e Breno
:: Ryvane e Ana Clara
:: Selma, Alex e Natália
:: Simoni e Henrique
:: Tábata, Gab e Gui
:: Taci e Danilo
:: Telma e David
:: Valéria e Júlia
:: Valéria e Tikinha
:: Vanessa, Davi e Pedro
:: Ví e Amélie (senha)
:: Vi, Thiago e Júlia
:: Rosileide e Ana Beatriz
:: Bia e Biel
:: Camila e Helena
:: Kelly e Eduardo
:: Fran e Madu
:: Fê Biel e Gui
:: Flávia, Giovanna e Miguel
:: Roberta, Lucas e Diego
:: Mara e Bia
:: Lígia e Vivi
:: Lea e Davi
:: Fabi, Babi e Bia
:: Débora e Dudu
:: Fê e Amandinha
:: Vivi e Francisco
:: Márcia e Mel
:: Simoni e ?
:: Thaty e Alice



Visitas




Mural





Hoje é...






Música





Link-nos


Pegue nosso selinho





Pegue nosso selinho





Pegue nosso award







Passado


Blog Antigo

Arquivos:
Julho 2007
Agosto 2007
Setembro 2007
Outubro 2007
Novembro 2007
Dezembro 2007
Janeiro 2008
Fevereiro 2008
Março 2008
Abril 2008
Maio 2008
Junho 2008
Julho 2008
Agosto 2008
Setembro 2008
Outubro 2008
Novembro 2008
Dezembro 2008
Janeiro 2009
Fevereiro 2009
Abril 2009
Maio 2009
Junho 2009
Julho 2009
Outubro 2009
Março 2010
Maio 2010



Parceria



Blog Brasil Acadêmico


Créditos



Conceitos Design

eXTReMe Tracker





terça-feira, 11 de setembro de 2007

Lilypie 3rd Birthday Ticker



Virando Santo
*
Um colega do trabalho chegou contando, todo empolgado, como seu filho de 22 anos, sem emprego, saia para a farra com os amigos sem nomes próprios (zoim, pimpim, tantan, etc...) e enchia a cara toda semana. Isso como se fosse a coisa mais legal do mundo... Sei lá, para mim isso é muito estranho e me levou a pensar no futuro do Dudu e do Guilherme.

Jamais poderei ter a arrogância de dizer que a EDUCAÇÃO que dou para os meninos será sua salvação na vida. Principalmente na adolescência e início da juventude quando na cabeça, eles terão minhocas no lugar de miolos, rs... Não acredito que a educação sozinha se baste para evitar as escolhas ruins que os filhos farão. Talvez um empurrão seja uma boa idéia...

Como eu já escrevi antes não sou do tipo de pessoa muito religiosa. Apesar de ter sido criada até os 8 anos no catolicismo e depois no protestantismo, hoje, não me interesso nada por religião. Contudo, tenho me preocupado com o futuro do Dudu e do Guilherme, principalmente com seus círculos de amizades. Por mais que ensinemos os meninos, em alguns anos, nós pais teremos menos espaço na vida deles que seus amigos, aí, como garantir que tenham boas amizades? Acho que garantir não dá, mas quem sabe um ambiente religioso seja mais saudável? Como? Sei lá, um grupo que desestimule o alcoolismo e incentive a busca por valores humanos. Tenho muito medo de duas coisas principalmente: que os meninos se enveredem pelo caminho do álcool e que arrumem brigas. Talvez todo pai seja preocupado com isso, né? Ou não...

Por isso, estou pensando em procurar uma igreja para levar os meninos - menos a Universal, também não vamos apelar, rs... Meu marido que também já foi evangélico não gosta muito da idéia, mas talvez seja uma chance de preservar nossos meninos.
Tudo que quero é uma ambiente um pouco mais saudável para os meninos.

Depois que o noivo da minha irmã faleceu num acidente de carro por dirigir embriagado e vi o sofrimento da mãe dele, me pergunto todo tempo se posso fazer algo para os meninos ficarem longe dos vícios. Esse rapaz era uma pessoa maravilhosa, tranqüilo, 24 anos, se formaria em Direito no fim do ano passado, pensava em se casar, ter filhos, MAS a farra começava na terça-feira. Todo dia bebia e muito, aí, o pior aconteceu e ele virou estatística. Nós o adorávamos e sentimos muita falta da alegria dele. É triste demais!

Assim, penso seriamente em colocar o Dudu e o Guilherme em uma comunidade religiosa, tipo uma igreja evangélica, onde os jovens são “conduzidos” para não beber, não fumar, não praticar crimes, etc... e convivem com outros jovens do mesmo tipo. Sei que todo lugar tem seus defeitos, mas acho que se conseguir preservar a vida dos meninos durante sua adolescência e juventude, quando eles forem adultos, com a cabeça mais no lugar, que escolham se querem uma religião. Na verdade, quero mais o ambiente que a religião, rs...

Tem muita coisa que não concordo nas igrejas, mas considero que dos males o menor. Prefiro que os meninos sejam ovelhas (comandados) pela religião que pelo “mundo do cão”, até rimou, que brega, rs...

Adolescentes de 13 anos em shows onde “rola solto” as drogas, o álcool e as brigas, realmente é uma visão que não me agrada. Prefiro “ratos de igreja” a “ratos de botecos”.
Diante disso, começarei a busca por uma igreja, mais por causa dos meninos que por vontade própria. Não sei se dará certo, mas teremos mais chances, né?

Quando eu pensava em ter filhos, sempre me assustou a possibilidade de ter meninos por conta do que escrevi acima. Agora que os tenho, aceito o desafio de criá-los da melhor maneira possível. Meu plano infalível dará certo? Rs...

Vamos falar de coisas boas: aniversário do Dudu

Estamos a todo vapor rumo ao aniversário de 2 anos do Dudu. Já distribuí a maioria dos convites, mas fiz uma confusão danada e acho que perdi a conta dos convidados, rs...

Dessa vez fechei a fotografia sem o álbum, pois saiu mais barato, aí ficamos com as imagem digitais e depois faremos o álbum, né? Teremos a filmagem e o preço dos dois ficou razoável.

Faltam os refrigerantes, sucos e sorvetes. Ah, os descartáveis também!

Preciso escolher as cores dos balões, toalhas e papel das balinhas. Pensei em verde oliva + laranjado + amarelo e vermelho. Encomendei para os centros de mesa os personagens do Cocoricó em madeira.

A música será o CD do Cocoricó, Pra Gente Miúda e Canções de Brincar. Tá bom.

Ah, comprei as roupas do dia para o aniversariante e para o Guilherme. São conjuntos de regata com camisa de botão por cima e bermuda. Tão bonitinhas! Falta o tênis para o Dudu.

Já estou prevendo o calorão que fará no dia! Afe! Este ano marquei a festa para as 16h para os meninos aproveitarem bem.

O Dudu ganhará do pai uma bicicleta do Cocoricó, o que aliás, já está lá em casa ainda na caixa. Acho que seria melhor dar um triciclo para o menino, visto que ainda não tem, mas... A bike é legal e vem com uma garrafinha, depois coloco as fotos. Meu marido montará na noite do dia 16 para a surpresa na manhã do dia 17. Colocarei uns balões coloridos amarrados no guidom. Imaginem a surpresa do menino! Meu marido dará outro presente para o Dudu, um vermífugo, rs... O menino vive com as mãos sujas na boca e pelos meus cáculos deve ter uma superpopulação de vermes e protozoários, rs...

Ele está bem gordinho: 13,340 kg e medindo 90,5 cm. Perdeu todas as roupas e tive que comprar todas tamanho 4 e calçados 24. O Guilherme até aproveita alguma coisa, mas a maioria está muito surrada visto que o Dudu é um verdadeiro porquinho e as empregadas umas loucas que estragam roupas. Assim,vira e mexe preciso comprar alguma coisa para o Guilherme por completa impossibilidade de usar as roupas do Dudu, rs... Falo assim, mas deixo o Dudu ser criança. Quando chegamos no parque em que parte dele é de cimento, tiro as sandálias do menino e o deixo livre para correr. O que por sinal é a preferência do Dudu. Raramente ele cai e mesmo quando acontece, tento mostrar pra ele que é normal, sem fazer muito drama, mas também sem dizer aquela frase chata que detesto: “homem não chora”.

Sessão babação. O Dudu sempre inventa coisas no parque. Em geral ele cria alguma “moda” e as outras crianças o copiam, para terror das babás e mães medrosas, rs... Outro dia ele inventou de descer o escorregador deitado de bruços. Pra que? Os meninos todos queriam descer da mesma forma e foi um tal de babá nervosa pra um lado e mãe medrosa para o outro... Rs... Uma confusão! O Dudu é danadinho mesmo! Tem um foguete escorregador que ele cisma em subir no topo, se agarrando às grades. Fico do lado dele, mas aviso que não o estou segurando e se ele subiu sozinho, precisa dar um jeito de descer. É só ele começar que os outros logo querem imitar. Rs... Não entendo muito isso, mas segundo meu marido, as atitudes do menino são um desafio para os outros, tipo: - eu consigo, vc consegue? Coisas do universo masculino.

Eu e meu marido conversamos sobre a necessidade do Dudu em algumas áreas. O menino precisará fazer alguns esportes para desenvolver características que achamos importantes. O judô para exercitar a disciplina, pois o menino não é nada fã da obediência, rs... A natação para se concentrar mais e algum esporte de grupo para aprender a trabalhar junto com outras crianças.



Beijos a todas.



Às 13:50

4 Aqui também pode!

4 Comentários:

Oi amiga! Nossa nunca imaginei que seria tão difícil encontrar uma pessoa para trabalhar, que faça de tudo um pouco e com o mínimo de capricho. Eu tinha uma pessoa que fazia apenas a faxina, uma vez por semana. Que benção! Pena que ela parou de trabalhar, estava cansada e ficando adoentada. Agora será a minha mãe que virá fazer essa faxina pra mim. Torço de verdade pra que vc consiga encontrar uma pessoa boa para te ajudar a cuidar do seu lar. Quanto a religião, vc está muito certa, sem fazer apologia, de algum modo a religião "planta" coisas boas aos pequenos. E aí sim o futuro eles decidem se querem seguir nessa ou em outra doutrina. E acredito que fará bem pra vcs tbm!
Tenho certeza de que a festinha do Dudu será um sucesso, e linda! Vc é muito criativa e fará coisas lindas! Ahh amiga manda umas fotos do Dudu pra mim vai?!
Tenha uma ótima semana e beijo nos meninos!

By Anonymous Katia Regina, at 12 de setembro de 2007 09:26  

POSTÃO HEINN????

PÔXA AMIGA EU ME DIVIRTO LENDO SEUS POST. A DA BRASTEMP FOI O MÁXIMO E O DA GISELE OU DIAZEPAN NEM SE FALA.
AGORA FALANDO DE CUIDADOS COM OS FILHOS NESSE MUNDO DECÃO É PREOCUPANTE MESMO. A TV TA AÍ PRA MOSTRAR COISAS HORRÍVEIS QUE FILHO FAZ COM PAI. MAS NÓS COMO MÃES QUE PENSAM VAMOS TENTAR ENSINAR ATE ONDE PODEMOS E A IDADE PRIMÁRIA DE FORMAÇÃO DE CARÁTER É AGORA ATE SEUS 10 ANOS E DEPOIS É SÓ APERFEIÇOAR. mEU FILHO PARTICIPA DA IGREJA EVANGÉLICA E SEI QUE O FUTURO DE VIVER EM AMBIENTES ASSIM É COMO VC DISSE MAS SEGURO E CREIO QUE É BEM MELHOR ESTAR LONGE DAS RUAS DAS DROGAS E ALCOOL E PERTO DE DEUS.
APRENDENDO AMAR O PRÓXIMO A SER SOLIDÁRIO A OBEDECER E RESPEITAR O PRÓXIMO. PASSANDO A VER A CORRUPÇÃO DOS POLITICOS QUE USAM O DINHEIRO DO POVO COMO FALTA DE CARÁTER, ÉTICA E RESPEITO AO POVO HUMILDE QUE ACREDITOU DELES. E APRENDER A CONFIAR EM DEUS.

SELENE E DIEGO

By Anonymous Anônimo, at 12 de setembro de 2007 18:32  

Oi Catarina. Acompanho seu blog desde a gravidez do Dudu mas nunca postei. Seus filhos são lindos e muito espertos. Adoro ler as aventuras dos dois. Eu também tenho um menino: o Bruno com 1 ano e 6 meses. Gostaria de saber onde vc mandou fazer os centros de mesa do Cocoricó que vc comentou. Bjs e parabéns pelos filhotes. Alice.

By Blogger malice, at 12 de setembro de 2007 19:08  

Como estão fofos !!!
Beijinhos ,
Bl .

By Blogger Bel, at 13 de setembro de 2007 19:10  

Post a Comment