<BODY> ~*~* Meu Bebê Dudu *~*~


Dudu




Meu filhinho Eduardo nasceu no dia 17 de setembro de 2005, às 1h 40, em Brasília/DF, pesando 3,915kg e medindo 51 cm, um garotão com certeza! Hoje ele está às vésperas de completar 2 anos. É um menino muito ativo, carinhoso e inteligente. Uma maravilha!


1º Blog – Gravidez
2º Blog – Parto
3º Blog – Vida de Bebê
4º Blog – Até 1 Ano



Mamãe




Meu nome é Catarina e sou autora desde blog que começou em 29/5/2005. Aqui estão registradas as experiências de uma mãe de primeira viagem muito feliz desde a descoberta da gravidez em 9/1/2005. Na época eu tinha 28 anos e 6 anos de casada com o Rubens, pai do Dudu. Deixo aqui nossos momentos de alegria, ansiedade, paz e luta para eternizá-los na memória dos que lerem este blog.



Papai




Este é o pai do Dudu e meu marido com quem sou casada desde maio/1999. Ele é um pai muito carinhoso e presente.



Irmão Guilherme




:: Blog do Guilherme



Na Barriga




A gravidez do Dudu foi o período mais feliz e pleno de toda a minha vida. A felicidade em estar grávida era tanta que todos os desconfortos foram recebidos com alegria. Fiquei grávida por 40 semanas e 3 dias, engordei 17 kg e aprendi bastante sobre gravidez e parto. Tivemos uma doula que nos ajudou muito antes, no dia do parto e depois dele, a querida Clarissa Kahn.



Parto




Senti as primeiras contrações às 10h 30 do dia 16/9 no trabalho, onde fiquei até às 17h. Minha intenção era ficar o maior tempo possível em casa evitando assim intervenções desnecessárias e assegurando a chance de ter um parto normal. Desde que engravidei meu sonho era trazer o Dudu ao mundo da forma mais natural possível. Assim, naquele dia senti a dor mais maravilhosa que existe e num turbilhão de emoções o Dudu nasceu após 6 horas de trabalho de parto ativo. Como foi fantástico sentí-lo sair de mim! Depois desse dia tive certeza que eu era capaz de tudo na vida e me sentia uma vencedora de maratona. Obrigada, Dudu, por ajudar a mamãe nesta hora tão crítica.



Amigos


:: Adri, Sofya e Emanuelle
:: Ageu e Matheus
:: Alê e Pedro Luís
:: Aline e Júlia
:: Aline e Bárbara
:: Aline e Ric
:: Alyne e Matheus
:: Ana e Lorenzo
:: Andreza e Teru
:: Ângela e Matheus
:: Bia e Lucas
:: Bia, Lucas e Thiago
:: Bia, Yohana e Yan
:: Bina e Brenda
:: Carla e Marina
:: Cris e Ícaro
:: Cris e Lucas
:: Cristina e Sarah
:: Cristina, Ingrid e Anne
:: Chrystina, Bruno e JP
:: Dani e Caio
:: Dedéia, Pedro e Júlia
:: Eva e Lucas
:: Fabi e Catarina
:: Jack, Ruan e Paulo Victor
:: Jane e Maria Júlia
:: Kátia Regina e Ana Luísa
:: Keila, Lucas e Gabriel
:: Keity e Lucas
:: Lílian e Nicolas
:: Lisa e Eduardo
:: Lívia e Miguel
:: Lu, Guilherme e Gustavo
:: Mary e Camila
:: Nádila e André
:: Noelma, Pedro e Ana
:: Paty e Gigio
:: Pri, João e Maria
:: Ranne e Maurinho
:: Renata, Isabella e Eric
:: Ruth e Davi
:: Roseli e Breno
:: Ryvane e Ana Clara
:: Selma, Alex e Natália
:: Simoni e Henrique
:: Tábata, Gab e Gui
:: Taci e Danilo
:: Telma e David
:: Valéria e Júlia
:: Valéria e Tikinha
:: Vanessa, Davi e Pedro
:: Ví e Amélie (senha)
:: Vi, Thiago e Júlia
:: Rosileide e Ana Beatriz
:: Bia e Biel
:: Camila e Helena
:: Kelly e Eduardo
:: Fran e Madu
:: Fê Biel e Gui
:: Flávia, Giovanna e Miguel
:: Roberta, Lucas e Diego
:: Mara e Bia
:: Lígia e Vivi
:: Lea e Davi
:: Fabi, Babi e Bia
:: Débora e Dudu
:: Fê e Amandinha
:: Vivi e Francisco
:: Márcia e Mel
:: Simoni e ?
:: Thaty e Alice



Visitas




Mural





Hoje é...






Música





Link-nos


Pegue nosso selinho





Pegue nosso selinho





Pegue nosso award







Passado


Blog Antigo

Arquivos:
Julho 2007
Agosto 2007
Setembro 2007
Outubro 2007
Novembro 2007
Dezembro 2007
Janeiro 2008
Fevereiro 2008
Março 2008
Abril 2008
Maio 2008
Junho 2008
Julho 2008
Agosto 2008
Setembro 2008
Outubro 2008
Novembro 2008
Dezembro 2008
Janeiro 2009
Fevereiro 2009
Abril 2009
Maio 2009
Junho 2009
Julho 2009
Outubro 2009
Março 2010
Maio 2010



Parceria



Blog Brasil Acadêmico


Créditos



Conceitos Design

eXTReMe Tracker





quarta-feira, 31 de outubro de 2007

Lilypie 3rd Birthday Ticker



Chegando a duas semanas...

A minha meliante, ops, empregada, inventou uma desculpa e está indo embora. Como eu previ, ela não durou duas semanas. Estou me sentindo o cap. Nascimento: - Pede pra sair! Rs...
*
No primeiro dia, depois de tanta experiência ruim, decidi não dar muita conversa. Percebi que só perdia meu tempo conversando sobre a origem, pretensões e forma de trabalho da empregada, visto que só duravam 2 semanas. Assim, com essa já fui direto perguntando se tinha alguma dúvida e que começasse o serviço.
*
A moça se apresentou para trabalhar como quem vai à uma boate, todas cheia de badulaques. Falei para colocar o uniforme e passei a primeira tarefa: lavar as louças. Imediatamente percebi o tamanho das unha da moça que de tão grandes pareciam postiças. Um nojo! Tomo mundo sabe que cozinhar não combina com unhas grandes, pois escondem sujeira e contaminação sem fim.
*
Não tenho mais papas na língua. Falei para a moça cortar as unhas por conta da higiene com a comida. Os dias foram passando e nada das unhas diminuírem... Por 3 dias eu cozinhei e esperei as unhas serem cortadas. Como isso não aconteceu, peguei meu cortador de unha, entreguei à moça e fiquei esperando que cortasse as “garras”. Pô! É o cúmulo a falta de noção desse povo...
*
Bom, a filha do Zé do Caixão se mostrou uma sebosa de marca maior no quesito lavar louças. Encontrei todos os talheres engordurados na gaveta e me irritei. Peguei um, dois, três, ..., oito, todos “gordura pura”. Antigamente, eu falaria, quase implorando para a empregada que lavasse melhor a louça, com toda simpatia e rogando para a santa um serviço melhor.
*
Contudo....rs...
*
Eu a chamei, peguei TODOS os talheres e coloquei de volta na pia . Falei com educação, mas com firmeza que lavasse tudo de novo. Como eu cozinho à noite quando chego do trabalho, todo dia encontrava panelas mal lavadas, com resto de comida nos armários.Realmente, ela era lastimável para lavar a louça, o que constatei dias depois.
*
Antes de fazer a mamadeira do Guilherme, tenho costume de checar se está limpa e adivinhem a minha surpresa. Encontrei uma mamadeira com lodo e bactéria pois a sebosa a havia guardado suja de leite.
*
Tive ódio! O poderia ter acontecido ao Guilherme se tomasse leite contaminado? Provavelmente uma infecção intestinal, febre e diarréia. A mamadeira foi lavada várias vezes, mas ficou “manchada” e teve que ser jogada fora por precaução. Como eu descobri o mal feito no fim de semana, até segunda-feira eu havia esfriado a cabeça e decidido apenas dar uma prensa na infeliz.
*
Essas seboseiras, fora tudo que estragou em 10 dias já me tiravam do sério. Bom, depois da prensa, a “peste” continuou fazendo das suas e percebi que nosso “romance” chegava ao fim. Ontem, ela inventou uma desculpa e disse que hoje era seu último dia. Fiquei com a sensação de “eu esperava por isso”.
*
Nem perguntei nada e para amanhã terei uma nova candidata à meliante trabalhando lá em casa. Da filha do Zé do Caixão descontarei tudo que estragou. Ando muito organizada na questão das empregadas e o que elas estragam, anoto num caderno para descontar depois.
*
E continuo vivendo duas semanas de cada vez, aprendendo mais e mais como não levar sempre a pior com empregadas domésticas...
*
Beijos a todas.



Às 14:04

1 Aqui também pode!

1 Comentários:

Capitão Nascimento? "pede pra sair" cai de rir!!!!!!!!
Vc realmente pena com as suas meliantes hein?
Realmente é dificil empregada disposta a encarar todos os serviços domésticos com vontade.
A minha faxineira atualmente tem me deixado nervosa, quando chego fim de semana que vejo direito que nao limpou o que eu liguei e pedi pra fazer...sem falar o que eu nao peço!
Mas eu relevo....na hora fico puta da vida...mas infelizmente ela fica na minha casa sozinha e eu nao to lá para dar bronca. Decidi nao me estressar!!

By Anonymous lilian, at 1 de novembro de 2007 06:08  

Post a Comment