<BODY> ~*~* Meu Bebê Dudu *~*~


Dudu




Meu filhinho Eduardo nasceu no dia 17 de setembro de 2005, às 1h 40, em Brasília/DF, pesando 3,915kg e medindo 51 cm, um garotão com certeza! Hoje ele está às vésperas de completar 2 anos. É um menino muito ativo, carinhoso e inteligente. Uma maravilha!


1º Blog – Gravidez
2º Blog – Parto
3º Blog – Vida de Bebê
4º Blog – Até 1 Ano



Mamãe




Meu nome é Catarina e sou autora desde blog que começou em 29/5/2005. Aqui estão registradas as experiências de uma mãe de primeira viagem muito feliz desde a descoberta da gravidez em 9/1/2005. Na época eu tinha 28 anos e 6 anos de casada com o Rubens, pai do Dudu. Deixo aqui nossos momentos de alegria, ansiedade, paz e luta para eternizá-los na memória dos que lerem este blog.



Papai




Este é o pai do Dudu e meu marido com quem sou casada desde maio/1999. Ele é um pai muito carinhoso e presente.



Irmão Guilherme




:: Blog do Guilherme



Na Barriga




A gravidez do Dudu foi o período mais feliz e pleno de toda a minha vida. A felicidade em estar grávida era tanta que todos os desconfortos foram recebidos com alegria. Fiquei grávida por 40 semanas e 3 dias, engordei 17 kg e aprendi bastante sobre gravidez e parto. Tivemos uma doula que nos ajudou muito antes, no dia do parto e depois dele, a querida Clarissa Kahn.



Parto




Senti as primeiras contrações às 10h 30 do dia 16/9 no trabalho, onde fiquei até às 17h. Minha intenção era ficar o maior tempo possível em casa evitando assim intervenções desnecessárias e assegurando a chance de ter um parto normal. Desde que engravidei meu sonho era trazer o Dudu ao mundo da forma mais natural possível. Assim, naquele dia senti a dor mais maravilhosa que existe e num turbilhão de emoções o Dudu nasceu após 6 horas de trabalho de parto ativo. Como foi fantástico sentí-lo sair de mim! Depois desse dia tive certeza que eu era capaz de tudo na vida e me sentia uma vencedora de maratona. Obrigada, Dudu, por ajudar a mamãe nesta hora tão crítica.



Amigos


:: Adri, Sofya e Emanuelle
:: Ageu e Matheus
:: Alê e Pedro Luís
:: Aline e Júlia
:: Aline e Bárbara
:: Aline e Ric
:: Alyne e Matheus
:: Ana e Lorenzo
:: Andreza e Teru
:: Ângela e Matheus
:: Bia e Lucas
:: Bia, Lucas e Thiago
:: Bia, Yohana e Yan
:: Bina e Brenda
:: Carla e Marina
:: Cris e Ícaro
:: Cris e Lucas
:: Cristina e Sarah
:: Cristina, Ingrid e Anne
:: Chrystina, Bruno e JP
:: Dani e Caio
:: Dedéia, Pedro e Júlia
:: Eva e Lucas
:: Fabi e Catarina
:: Jack, Ruan e Paulo Victor
:: Jane e Maria Júlia
:: Kátia Regina e Ana Luísa
:: Keila, Lucas e Gabriel
:: Keity e Lucas
:: Lílian e Nicolas
:: Lisa e Eduardo
:: Lívia e Miguel
:: Lu, Guilherme e Gustavo
:: Mary e Camila
:: Nádila e André
:: Noelma, Pedro e Ana
:: Paty e Gigio
:: Pri, João e Maria
:: Ranne e Maurinho
:: Renata, Isabella e Eric
:: Ruth e Davi
:: Roseli e Breno
:: Ryvane e Ana Clara
:: Selma, Alex e Natália
:: Simoni e Henrique
:: Tábata, Gab e Gui
:: Taci e Danilo
:: Telma e David
:: Valéria e Júlia
:: Valéria e Tikinha
:: Vanessa, Davi e Pedro
:: Ví e Amélie (senha)
:: Vi, Thiago e Júlia
:: Rosileide e Ana Beatriz
:: Bia e Biel
:: Camila e Helena
:: Kelly e Eduardo
:: Fran e Madu
:: Fê Biel e Gui
:: Flávia, Giovanna e Miguel
:: Roberta, Lucas e Diego
:: Mara e Bia
:: Lígia e Vivi
:: Lea e Davi
:: Fabi, Babi e Bia
:: Débora e Dudu
:: Fê e Amandinha
:: Vivi e Francisco
:: Márcia e Mel
:: Simoni e ?
:: Thaty e Alice



Visitas




Mural





Hoje é...






Música





Link-nos


Pegue nosso selinho





Pegue nosso selinho





Pegue nosso award







Passado


Blog Antigo

Arquivos:
Julho 2007
Agosto 2007
Setembro 2007
Outubro 2007
Novembro 2007
Dezembro 2007
Janeiro 2008
Fevereiro 2008
Março 2008
Abril 2008
Maio 2008
Junho 2008
Julho 2008
Agosto 2008
Setembro 2008
Outubro 2008
Novembro 2008
Dezembro 2008
Janeiro 2009
Fevereiro 2009
Abril 2009
Maio 2009
Junho 2009
Julho 2009
Outubro 2009
Março 2010
Maio 2010



Parceria



Blog Brasil Acadêmico


Créditos



Conceitos Design

eXTReMe Tracker





quinta-feira, 13 de dezembro de 2007

Lilypie 3rd Birthday Ticker



Srek3
*


*

Concurso. Chamei o Dudu para rabiscar nuns papéis quando o menino me sai com essa:


*
- Mamãe, vou fazer concuso.
- O quê?
- Vou fazer concuso.

A essa altura eu já me acabava de rir do menino com os papéis de baixo do braço pronto para o exame. As crianças de Brasília já nascem fazendo concurso público, rs... Acho que ele deve ter perguntado à minha irmã o que fazia e ela deve ter dito que estava estudando para o concurso.
Como eu já disse antes, o Dudu não tem muita afeição por lápis, a não ser para usá-los como baquetas. Fico irritada quando o vejo destruindo o giz de cera novinho que acabei de comprar. Ele gosta de mandar a gente desenhar caminhões-cegonha e caminhões-reboque.


*
- Dudu, agora é sua vez. Isso basta para o menino reclamar dizendo que não e exigir que eu desenhe os tais caminhões.

Srek. Seu novo filme preferido é Srek 3. Ele adora as musiquinhas e pede para as repetirmos umas quinhentas vezes.
Antes dos personagens dizerem a fala, o menino diz o texto inteiro sem errar uma palavra. Ontem ele resolveu que queria entrar no filme:


*
- Mamãe, quero entá na históia!
- Já pensou que legal? O que vc faria, Dudu?
- Ia conversá com a menina (é a Branca de Neve que grita uma melodia chamando os animais para atacarem as árvores).
- E o quê vc ia falar com ela?
- Tudo bem?

Comecei a rir.

Memória. Ele tem uma memória excelente e ontem disse na ordem o nome das últimas 7 empregadas que contratei. Achei isso interessante, mas era de se esperar, pois o menino é ligado em aprender tudo sobre pessoas novas que aparecem lá em casa. Da última empregada ele não sabia o nome, virou pra Luciana e perguntou:


*
- Neide? Maia José? Concheição? Cida? Marciene? Como chama?
Posso? Rs... Todo mundo que ele não conhece e quer saber o nome, pergunta:


*
- Como chama seu nome?

A difícil tarefa de dormir. O Dudu continua dando trabalho para ir dormir. Parece que o menino luta com o sono enquanto consegue. O resultado é o mal humor no dia seguinte. Ele chora, reclama, se irrita com facilidade, joga os brinquedos no chão e até bate no Guilherme. O Dudu é louco pelo pai e na hora de dormir só serve ele. Quando meu marido não está em casa de noite é uma dificuldade o Dudu ir dormir. Ele chora dizendo estar com saudade do pai e blá, blá, blá... Perco a paciência às vezes e algo líquido e certo é o castigo antes do menino resolver de vez dormir. Só depois disso ele se aquieta e dorme. Afe! Ultimamente tem iniciado o sono na minha cama, depois de tagarelar sem parar, por minutos, como foi o seu dia. Quando o sono vem, o menino pega seu edredom e diz:


*


- Quero dumi na cama do Dudu!

Maravilhosos 2 anos. Estou adorando a idade dos dois anos e para mim é a melhor até agora. Não gostei das fases iniciais até 1 ano e meio, mas agora, tudo é maravilhoso. Bem, quase tudo, né? Rs... O Dudu sempre foi muito divertido e a babá confirma que se diverte com o menino o tempo todo. Ele é praticamente um “paiaço” quando não está com fome ou com sono, pois nessas horas fica insuportável e haja paciência. Ah, o menino conta tudinho que fez durante o dia inclusive as traquinagens. Cheguei em casa um dia e vi que o telefone sem fio estava sujo de barro. Achei estranho, mas esqueci do fato pela correria do pré-sono do Guilherme. Quando levei o Dudu para o banho, o menino me disse que havia jogado o telefone pela janela. Fiquei sem acreditar, mas imediatamente liguei o barro à queda, rs... Em pouco tempo chega a babá com os olhos arregalados e cara de espanto:
- Catarina, tenho que te contar uma coisa...
- É sobre o telefone?
Comecei a rir enquanto a babá se desculpava.


*
Trabalho. Tive uma mudança de horário bem ruim no trabalho e isso está afetando a rotina dos meninos. Como conseqüência, o Dudu está nervoso, gritando e batendo na babá e no Guilherme. A babá me ligou outro dia dizendo que não sabia o que fazer, aí pedi para falar com o Dudu. Antes que eu dissesse alguma coisa, o menino disse que bateu na babá e no Guilherme. Perguntei por que ele bateu e se ele estava com saudade da mamãe. O menino começou a chorar e a dizer que estava com saudade. Tadinho, fiquei com pena, conversei com ele e pedi que se comportasse. Criança é muito sensível à ausência dos pais e isso se manifesta no comportamento.

Presentes de Natal. O Natal está aí e decidi dar livros de presente aos meninos em vez de brinquedos. Tem brinquedos demais lá em casa e separarei alguns para doação. Já estamos sem espaço por tanta tralha, o que se agravou depois do aniver do Guilherme.
*


***Postei as fotos o aniversário do Guilherme:



Às 13:01

0 Aqui também pode!

0 Comentários:

Post a Comment