<BODY> ~*~* Meu Bebê Dudu *~*~


Dudu




Meu filhinho Eduardo nasceu no dia 17 de setembro de 2005, às 1h 40, em Brasília/DF, pesando 3,915kg e medindo 51 cm, um garotão com certeza! Hoje ele está às vésperas de completar 2 anos. É um menino muito ativo, carinhoso e inteligente. Uma maravilha!


1º Blog – Gravidez
2º Blog – Parto
3º Blog – Vida de Bebê
4º Blog – Até 1 Ano



Mamãe




Meu nome é Catarina e sou autora desde blog que começou em 29/5/2005. Aqui estão registradas as experiências de uma mãe de primeira viagem muito feliz desde a descoberta da gravidez em 9/1/2005. Na época eu tinha 28 anos e 6 anos de casada com o Rubens, pai do Dudu. Deixo aqui nossos momentos de alegria, ansiedade, paz e luta para eternizá-los na memória dos que lerem este blog.



Papai




Este é o pai do Dudu e meu marido com quem sou casada desde maio/1999. Ele é um pai muito carinhoso e presente.



Irmão Guilherme




:: Blog do Guilherme



Na Barriga




A gravidez do Dudu foi o período mais feliz e pleno de toda a minha vida. A felicidade em estar grávida era tanta que todos os desconfortos foram recebidos com alegria. Fiquei grávida por 40 semanas e 3 dias, engordei 17 kg e aprendi bastante sobre gravidez e parto. Tivemos uma doula que nos ajudou muito antes, no dia do parto e depois dele, a querida Clarissa Kahn.



Parto




Senti as primeiras contrações às 10h 30 do dia 16/9 no trabalho, onde fiquei até às 17h. Minha intenção era ficar o maior tempo possível em casa evitando assim intervenções desnecessárias e assegurando a chance de ter um parto normal. Desde que engravidei meu sonho era trazer o Dudu ao mundo da forma mais natural possível. Assim, naquele dia senti a dor mais maravilhosa que existe e num turbilhão de emoções o Dudu nasceu após 6 horas de trabalho de parto ativo. Como foi fantástico sentí-lo sair de mim! Depois desse dia tive certeza que eu era capaz de tudo na vida e me sentia uma vencedora de maratona. Obrigada, Dudu, por ajudar a mamãe nesta hora tão crítica.



Amigos


:: Adri, Sofya e Emanuelle
:: Ageu e Matheus
:: Alê e Pedro Luís
:: Aline e Júlia
:: Aline e Bárbara
:: Aline e Ric
:: Alyne e Matheus
:: Ana e Lorenzo
:: Andreza e Teru
:: Ângela e Matheus
:: Bia e Lucas
:: Bia, Lucas e Thiago
:: Bia, Yohana e Yan
:: Bina e Brenda
:: Carla e Marina
:: Cris e Ícaro
:: Cris e Lucas
:: Cristina e Sarah
:: Cristina, Ingrid e Anne
:: Chrystina, Bruno e JP
:: Dani e Caio
:: Dedéia, Pedro e Júlia
:: Eva e Lucas
:: Fabi e Catarina
:: Jack, Ruan e Paulo Victor
:: Jane e Maria Júlia
:: Kátia Regina e Ana Luísa
:: Keila, Lucas e Gabriel
:: Keity e Lucas
:: Lílian e Nicolas
:: Lisa e Eduardo
:: Lívia e Miguel
:: Lu, Guilherme e Gustavo
:: Mary e Camila
:: Nádila e André
:: Noelma, Pedro e Ana
:: Paty e Gigio
:: Pri, João e Maria
:: Ranne e Maurinho
:: Renata, Isabella e Eric
:: Ruth e Davi
:: Roseli e Breno
:: Ryvane e Ana Clara
:: Selma, Alex e Natália
:: Simoni e Henrique
:: Tábata, Gab e Gui
:: Taci e Danilo
:: Telma e David
:: Valéria e Júlia
:: Valéria e Tikinha
:: Vanessa, Davi e Pedro
:: Ví e Amélie (senha)
:: Vi, Thiago e Júlia
:: Rosileide e Ana Beatriz
:: Bia e Biel
:: Camila e Helena
:: Kelly e Eduardo
:: Fran e Madu
:: Fê Biel e Gui
:: Flávia, Giovanna e Miguel
:: Roberta, Lucas e Diego
:: Mara e Bia
:: Lígia e Vivi
:: Lea e Davi
:: Fabi, Babi e Bia
:: Débora e Dudu
:: Fê e Amandinha
:: Vivi e Francisco
:: Márcia e Mel
:: Simoni e ?
:: Thaty e Alice



Visitas




Mural





Hoje é...






Música





Link-nos


Pegue nosso selinho





Pegue nosso selinho





Pegue nosso award







Passado


Blog Antigo

Arquivos:
Julho 2007
Agosto 2007
Setembro 2007
Outubro 2007
Novembro 2007
Dezembro 2007
Janeiro 2008
Fevereiro 2008
Março 2008
Abril 2008
Maio 2008
Junho 2008
Julho 2008
Agosto 2008
Setembro 2008
Outubro 2008
Novembro 2008
Dezembro 2008
Janeiro 2009
Fevereiro 2009
Abril 2009
Maio 2009
Junho 2009
Julho 2009
Outubro 2009
Março 2010
Maio 2010



Parceria



Blog Brasil Acadêmico


Créditos



Conceitos Design

eXTReMe Tracker





sexta-feira, 11 de janeiro de 2008

Lilypie 3rd Birthday Ticker



Natal, Reveillon e Ano Novo

NATAL

Passamos o natal na casa de minha mãe com a família toda reunida: meus cinco irmãos e seus respectivos cônjuges, meus sogros e os sogros do meu irmão num total de quase 20 pessoas. Este ano o Natal foi bem melhor que no ano passado, pois os meninos já “grandinhos” aproveitaram melhor a festa, assim como eu e meu marido. A ajuda da Lu também foi uma grande aliada na hora da festa, pois consegui jantar tranquilamente após dois anos de natais ralação. No Natal do ano passado, eu enorme, com o barrigão de 40 semanas só queria que aquilo acabasse e eu pudesse ir para casa descansar. Fui mais pelo compromisso social que pela satisfação.

Os meninos ficaram acesos e tranqüilos a festa toda e voltamos para casa às 2h da madrugada com os anjinhos “prá lá de Bagdá”, rs... Se não fosse pelo fato deles acordarem 8h e pouco da manhã do outro dia, prontos para diversões mil enquanto eu só queria me trancar no quarto e dormir, tudo se enquadraria no meu manual do Natal perfeito, rs...

Após o Natal. No dia 25/12 dispensei a Lú para passar uns dias com sua mãe em MG. Será que eu e meu marido sobreviveríamos sem a Lú por cinco dias? Eu me perguntava isso a cada instante, rs...
- Lú, ainda dá tempo de desistir. Se vc desistir eu assumo o prejuízo da passagem. Com uma mínima esperança nos olhos, eu disse isso à babá no terminal rodoferroviário. Minha última tentativa de fazê-la desistir de nos abandonar... Olha o drama! rs...

Gente, foram os 5 dias mais longos de toda minha carreira de mãe...rs... No último eu já estava surtada, reclamando que eu era a escrava da casa, que eu fazia tudo enquanto os 3 homens não ajudavam em nada e blá, blá, blá... Rs... Exagero, pois o Rubens fez tudo que eu fiz no cuidado com as crianças. O problema é que eu assumia o fogão e o tanque além do cuidado com os meninos.

Não nego que tivemos muitos momentos divertidos, mas a trabalheira de alimentar, limpar e embalar os meninos foi braba. Acordávamos às 7h, trabalhávamos o dia todo sem nenhuma pausa nem para sentar alguns minutos, dormíamos após as 24h e os meninos se revezavam em choramingar madrugada a fora. Cansativo demais! Fiquei imaginando como serão nossas férias na praia (um projeto ainda), rs...

REVEILLON


Depois que eu tive os meninos, todo programa tem que ser muito bem pensado para não se transformar num pesadelo. O reveillon não chegou à classe de pesadelo, mas apenas de um sonho ruim, rs... Ficamos de assistir aos fogos à meia noite na Esplanada e depois seguir para um churrasco na casa de minha irmã que ficava bem longe do Plano Piloto. Até depois dos fogos tudo correu muito bem, mas depois, confesso que minha vontade era de voltar para casa e dormir. Eu estava excessivamente cansada, mas a imposição social de participar da festa de minha irmã não me deixou escolha. Rumamos para sua casa. Mas antes, a brilhante idéia de passar na casa do irmão do Rubens. Afe! O Dudu desmaiara no carro e o Guilherme acordara choramingando. Meu sono era tanto que cheguei na minha irmã com a cara horrível de cansaço. Era aproximadamente 2h da madrugada!

Fiz um social básico, enquanto o Rubens se enfurnou no quarto para tentar colocar o Guilherme para dormir. E nada do bebê dormir...o Rubens irritado...eu irritada com a irritação do Rubens... Bradei: - Vamos embora agora! Colocamos todos no carro e caminho de casa...
Eu e o Rubens estávamos cansados demais por conta dos cinco dias intermináveis de ausência da babá, aí nosso reveillon foi isso. Pelo menos o ano de 2007 acabou! Foi um ano de muita confusão, mas espero um 2008 de muita saúde para meus meninos e paz para mim. Desejo o mesmo para cada amiga que nos visita. Felicidades para todos nós!

EMPREGADA
Obrigada pelos votos de uma boa empregada, rs... Deu certo! Consegui uma diarista excelente para dois dias na semana. Ela trabalha há 20 anos em uma residência, há 12 em outra e há 5 na da minha colega de trabalho. Por sorte, consegui um dia que talvez virem dois. Ta ótimo! O preço é mais alto, mas vale para não ter aborrecimentos e prejuízos...vcs não acreditavam que eu conseguiria uma empregada antes de fechar 2007, né? Rs...
Procuro outra diarista para segunda-feira e continuo sendo a cozinheira lá de casa. Eu gosto muito de cozinhar, mas dói chegar do trabalho e ter que fazer a comida em vez de “bincar” com o Dudu.
– Mamãe, binca!
E tenho que dizer para ele esperar... Fazer o quê?

DUDU

O menino está uma maravilha no quesito conversar PRINCIPALMENTE ANTES DE DORMIR, rs... Conta tudo que aconteceu durante o dia inclusive as aprontações como bater no Guilherme. Ele conversa com qualquer um que desperte seu interesse, perguntando, afirmando questionando tudo. Ele está mais fácil de lidar e com bons argumentos conseguimos quase qualquer coisa. Menos nos momentos de sono ou fome que o caos é completo. Choro, gritaria, apelos, reclamações e a paciência vai para o ralo. Continua teimoso, mas o ciúme está mais controlado, agora é o Guilherme quem demonstra ter ciúmes do Dudu.

DONA CHICA

O nome da diarista é Francisca, mas ele a chama de “Dona Chica adimirou-se, se, se do beú que o gato deu”, rs... Ele inventou esse apelido para a faxineira e nos danamos a rir. O menino gosta muito da mulher, chega perto dela e pede:
- Colinho!

DE QUÊ?

Com 2 anos e 3 meses está na fase agora é do “De que”, tudo que falamos ele pergunta “de que?”
- Vc quer doce?
- Quero! É doce de que?

Tem horas que é difícil responder:
- Mamãe, o que vc está fazendo?
- Cozinhando feijão.
- Feijão de que?

MERCI BEAUCOUP

O Dudu se amarra em palavras diferentes que ouve. Do nada o menino começou a dizer:
- Merci beaucoup!
Achei super legal e fiquei gritando de emoção. O Dudu gosta de assistir aos DVDs do Phil Collins e nele ele aprendeu esse “merci beaucoup”. Ele pronuncia direitinho e isso me assombrou. Rs... Ele já escolhe o DVD que quer assistir e algumas vezes temos um problema de preferência com o gosto do Guilherme.

Acho que o Dudu é muito sistemático e perfeccionista, o menino é “doente” por ordenar seus brinquedos e ai de quem os desorganizar. Quando não consegue algum encaixe do jeito que ele acha que deve ser chora de frustração. Um dia eu o observava e ouvi:

- Tou sem paciência!Já choramingando por não conseguir colocar os três vagões do trem no trilho.

Às vezes, ouvimos o Dudu chorar como se tivesse se machucado, mas quando verificamos, o porque do choro e gritos é apenas por alguma frustração.

Ele enfileira todos os seus carrinhos como se em uma vitrine. Às vezes ele faz uma fila enorme de carrinhos bem no meio da passagem da sala e se os tiramos o menino reclama e chora. Para tudo ele tem um tipo de organização. Outro dia ele fez uma muralha alinhando 10 livrinhos, deixando entre eles um espaço exatamente igual para todos. Parecia que o menino havia medido a distancia entre os livros. Fiquei “de cara” com a lógica do menino.

GRAMA IMPRÓPRIA

Uma fixação do Dudu é correr na grama, mas não deixo, pois tem muito cocô de cachorro. Vcs acham que adianta dizer ao Dudu que tem cocô? O menino ou corre ou passa de bicicleta na grama emporcalhada.
Numa noite antes de dormir ele me disse:
- Mamãe, a Lú e a batchan não deixam o Dudu “pisá” na “gama”.
Falei que mandaria a Lú deixá-lo brincar na grama. Poxa, criança adora grama, mas a situação das daqui é péssima por conta dos dejetos dos cães. Gramas verdinhas, bem cuidadas e aparadas só servem para os cachorros enquanto as crianças não podem nem chegar perto tamanha porcaria. Deixa pra lá.

No outro dia a babá me contou que o Dudu pedalou diretamente para a “grama do cocô” cantando a música da Dona Aranha na sua versão:

“A dona aranha subiu no cocô e depois na parede
Veio a chuva forte e se misturou...”

Achei tão engraçada a rima do menino que me acabei de rir junto com a babá que contava a história às gargalhadas. De onde um menino de dois anos tira isso?

MÉDICO
Tivemos uma consulta com uma cirurgiã pediátrica para verificar se o Dudu estava com fimose. O menino teve duas inflamações em três meses e ficamos preocupados. Consultamos com um pediatra indicado por colegas, que por sinal era do tipo “mea boca” e o cara falou um monte de besteiras, mas por sorte nos encaminhou para a Dra. Ivânia – cirurgiã pediatra. Finalmente encontramos uma médica decente depois de uma montanha de picaretas.

Gente, temos ido a vários pediatras, mas cada um pior que o outro. Nunca vi pediatra que não conversa com a criança e não dá a mínima pra ela durante a consulta. São frios, não perguntam sobre alimentação e desenvolvimento neurológico, querem apenas acabar a consulta o mais rápido possível. Só servem para pesar e medir. Afe! Este último aí, estava interessado em vender suas vacinas sem nem saber direito se o Guilherme com a d. Kawasaki podia tomá-las. Quando eu perguntei se não havia problemas, ele enrolou e não soube dizer.

Fora o calendário oficial de vacinação do governo, a mais, só dei a vacina de catapora. Aí, o picareta nos viu como prováveis compradores de seu produto (no consultório dele há uma sala de vacinação). Pelo menos através dele encontramos a Dra Ivânia, pena que só atenda casos de cirurgia.

O Dudu não queria mostrar o pintinho, mas a médica não perdeu a paciência, conversou muito com ele, não o forçou em hora nenhuma e conseguiu examiná-lo depois do argumento do ganhar um refrigerante. A médica passou uma pomadinha para abrir a pele, me ensinou como usá-la, me falou sobre a bula, sobre estudos do medicamento, explicou TUDO. Fiquei satisfeita pois fui tratada como um ser pensante e não como um macaco, rs...

Na minha lista de médicos que valem a pena estão:
Dr. Jorge Afiune – cardiologista pediátrico
Dra. Leonita – homeopata
Dra. Ivânia – cirurgiã pediátrica

DIETA

Revolvi mudar o foco dos meninos para mim e vi que preciso de reparos, rs...
Estou com a pele manchada, varizes, alergia atacada e a gordura ultrapassando a razoabilidade. Preciso dar uma ajeitada em mim, rs...

A primeira decisão para o ano de 2008 foi emagrecer. Não vou mentir, a minha motivação básica é a estética. As roupas estão ficando feias no meu corpo por conta da forma de kibe que adquiri após as gravidezes. E outra, planejamos férias na praia em setembro e até lá, quero perder alguns quilinhos, ou melhor, muitos quilos. Rs... Estou sentindo meus joelhos incomodarem um pouco e acho que é por causa do peso. Ainda não vi como está o colesterol mas acho que deve estar bem alto. Minha glicose sempre foi baixa, mas o colesterol... na faixa de 200 e pouco.

Aqui no trabalho, mesmo sendo um setor com maioria de homens, a mulherada consegue influenciar a todos para perda de peso. Por influência de uma colega, decidi aderir novamente à busca de um corpo mais magro. Junto comigo, uns cinco colegas entraram no desafio. Nos pesamos toda terça-feira e anotamos num quadro os valores e a meta. Coloquei uma meta alta, mas qualquer quilo perdido já será muito bem recebido, rs... Estou atualmente com 75,6 kg, mas até setembro quero pesar 61 kg. Muito né?

Estou seguindo a dieta nota 10 que parece com a dos pontos dos vigilantes do peso, mas é mais simples. É a da Carolina Dieckman. Comecei na terça-feira 8/1 e no primeiro dia tive uma recaída, rs... Tudo que como tem um valor e só posso comer 500 notas por dia. Isso é pouquíssimo! Qualquer alimento pode ser consumido desde que no dia chegue à essa pontuação máxima. Estou passando uma fome danada, rs... Durante o dia consigo comer pouquíssimo, mas à noite... tenho vontade de comer até os brinquedos dos meninos. Rs... O médico idealizador da dieta não acredita que comer à noite faça mal, aí tento economizar as notas do dia para comê-las após o trabalho, a hora crítica.

O que comi hoje:

Manhã: ½ pão francês com manteiga + café com açúcar (não tomo adoçante por nada)

Almoço: ¼ pé de alface + tomate + azeite + 2 colh sopa de arroz + 2 colh sopa de feijão + 1bife pequeno. Não gostei.

Tarde: ½ goiaba + 1 laranja com bagaço e tudo pois a fome era negra, rs...

Noite: verei, pois como ainda tenho 225 pontos, procurarei algo bem gostoso, rs...

Detesto fazer dieta, eu gosto é de comer muito, carnes gordurosas, churrasco, arroz, pão, salgadinhos e muitos chocolates. Ah, há três dias não como chocolate! De uma sentada só eu como ½ caixa de chocolate, mas de dieta... Pelo menos sou uma pessoa obstinada e quando coloco uma coisa na minha cabeça batalho até conseguí-la. Mas que eu odeio o papo de reeducação alimentar, isso eu odeio, rs... Já fiz um monte de dietas, já pesei 54kg (couro e osso) e aprendi que para ser magro a pessoa não pode comer quase nada. Não tem nada de comer as coisas certas somente, mas sim comer nada. Ou se é feliz com um "corpitcho" magro ou se é feliz comendo coisas gostosas até estourar, rs...

Desejem-me sorte, rs...

Beijos.




Às 09:46

1 Aqui também pode!

1 Comentários:

Catarina,
Parabéns pela nova diarista!!! e pela coragem de ficar os 5 dias sem a Lú em casa. Legal vc disponibilizar 5 dias para ela....pois pelo que vc conta ela parece ser bem companheira da sua família...alem de gostar dos meninos e cuidar deles com prazer.
Deixa eu te fazer uma pergunta pq vc é minha eleita como a mamãe mais zelosa que conheço no mundo do blog, entao acho justo saber como vc fez.
É o seguinte: como vc lavou as primeiras roupinhas do Ddudu? na mão ou na máquina? com que tipo de sabão?
Eu começei na semana passada a lavar os macacoes na mão mas ganhei uma baita dor nas costas, sem falar que consegui manchar um dos macacões.

By Anonymous Lilian, at 11 de janeiro de 2008 10:13  

Post a Comment