<BODY> ~*~* Meu Bebê Dudu *~*~


Dudu




Meu filhinho Eduardo nasceu no dia 17 de setembro de 2005, às 1h 40, em Brasília/DF, pesando 3,915kg e medindo 51 cm, um garotão com certeza! Hoje ele está às vésperas de completar 2 anos. É um menino muito ativo, carinhoso e inteligente. Uma maravilha!


1º Blog – Gravidez
2º Blog – Parto
3º Blog – Vida de Bebê
4º Blog – Até 1 Ano



Mamãe




Meu nome é Catarina e sou autora desde blog que começou em 29/5/2005. Aqui estão registradas as experiências de uma mãe de primeira viagem muito feliz desde a descoberta da gravidez em 9/1/2005. Na época eu tinha 28 anos e 6 anos de casada com o Rubens, pai do Dudu. Deixo aqui nossos momentos de alegria, ansiedade, paz e luta para eternizá-los na memória dos que lerem este blog.



Papai




Este é o pai do Dudu e meu marido com quem sou casada desde maio/1999. Ele é um pai muito carinhoso e presente.



Irmão Guilherme




:: Blog do Guilherme



Na Barriga




A gravidez do Dudu foi o período mais feliz e pleno de toda a minha vida. A felicidade em estar grávida era tanta que todos os desconfortos foram recebidos com alegria. Fiquei grávida por 40 semanas e 3 dias, engordei 17 kg e aprendi bastante sobre gravidez e parto. Tivemos uma doula que nos ajudou muito antes, no dia do parto e depois dele, a querida Clarissa Kahn.



Parto




Senti as primeiras contrações às 10h 30 do dia 16/9 no trabalho, onde fiquei até às 17h. Minha intenção era ficar o maior tempo possível em casa evitando assim intervenções desnecessárias e assegurando a chance de ter um parto normal. Desde que engravidei meu sonho era trazer o Dudu ao mundo da forma mais natural possível. Assim, naquele dia senti a dor mais maravilhosa que existe e num turbilhão de emoções o Dudu nasceu após 6 horas de trabalho de parto ativo. Como foi fantástico sentí-lo sair de mim! Depois desse dia tive certeza que eu era capaz de tudo na vida e me sentia uma vencedora de maratona. Obrigada, Dudu, por ajudar a mamãe nesta hora tão crítica.



Amigos


:: Adri, Sofya e Emanuelle
:: Ageu e Matheus
:: Alê e Pedro Luís
:: Aline e Júlia
:: Aline e Bárbara
:: Aline e Ric
:: Alyne e Matheus
:: Ana e Lorenzo
:: Andreza e Teru
:: Ângela e Matheus
:: Bia e Lucas
:: Bia, Lucas e Thiago
:: Bia, Yohana e Yan
:: Bina e Brenda
:: Carla e Marina
:: Cris e Ícaro
:: Cris e Lucas
:: Cristina e Sarah
:: Cristina, Ingrid e Anne
:: Chrystina, Bruno e JP
:: Dani e Caio
:: Dedéia, Pedro e Júlia
:: Eva e Lucas
:: Fabi e Catarina
:: Jack, Ruan e Paulo Victor
:: Jane e Maria Júlia
:: Kátia Regina e Ana Luísa
:: Keila, Lucas e Gabriel
:: Keity e Lucas
:: Lílian e Nicolas
:: Lisa e Eduardo
:: Lívia e Miguel
:: Lu, Guilherme e Gustavo
:: Mary e Camila
:: Nádila e André
:: Noelma, Pedro e Ana
:: Paty e Gigio
:: Pri, João e Maria
:: Ranne e Maurinho
:: Renata, Isabella e Eric
:: Ruth e Davi
:: Roseli e Breno
:: Ryvane e Ana Clara
:: Selma, Alex e Natália
:: Simoni e Henrique
:: Tábata, Gab e Gui
:: Taci e Danilo
:: Telma e David
:: Valéria e Júlia
:: Valéria e Tikinha
:: Vanessa, Davi e Pedro
:: Ví e Amélie (senha)
:: Vi, Thiago e Júlia
:: Rosileide e Ana Beatriz
:: Bia e Biel
:: Camila e Helena
:: Kelly e Eduardo
:: Fran e Madu
:: Fê Biel e Gui
:: Flávia, Giovanna e Miguel
:: Roberta, Lucas e Diego
:: Mara e Bia
:: Lígia e Vivi
:: Lea e Davi
:: Fabi, Babi e Bia
:: Débora e Dudu
:: Fê e Amandinha
:: Vivi e Francisco
:: Márcia e Mel
:: Simoni e ?
:: Thaty e Alice



Visitas




Mural





Hoje é...






Música





Link-nos


Pegue nosso selinho





Pegue nosso selinho





Pegue nosso award







Passado


Blog Antigo

Arquivos:
Julho 2007
Agosto 2007
Setembro 2007
Outubro 2007
Novembro 2007
Dezembro 2007
Janeiro 2008
Fevereiro 2008
Março 2008
Abril 2008
Maio 2008
Junho 2008
Julho 2008
Agosto 2008
Setembro 2008
Outubro 2008
Novembro 2008
Dezembro 2008
Janeiro 2009
Fevereiro 2009
Abril 2009
Maio 2009
Junho 2009
Julho 2009
Outubro 2009
Março 2010
Maio 2010



Parceria



Blog Brasil Acadêmico


Créditos



Conceitos Design

eXTReMe Tracker





segunda-feira, 4 de agosto de 2008

Lilypie 3rd Birthday Ticker



"Nem morri!"

Ola amigas!

"Nem morri!"
A frase acima era da minha avo que já velha, todo dia antes de dormir entregava a alma a Deus, mas ao acordar no outro dia e perceber que não morrera soltava a celebre frase: - Ih, nem morri! Rs...

Lembram-se do caos em que se transformou minha vida? De alguma forma ele se organizou. Mudamos para a casa nova na quinta-feira e tivemos um fim de semana encaixotado. Devido a isso, eu e os meninos ficamos confinados na casa de minha mãe por conta também de uma gripe braba que me apareceu na segunda-feira. Caracas! Mais essa pra eu lidar...rs... Alguém ainda não acredita na lei de Murphy? Rs....

Na casa de minha mãe foi aquilo... os meninos pilhados, ela nervosa falando sem parar somente as piores possibilidades o que aumentava minha ansiedade. Na sexta-feira tudo que eu queria era ficar em casa, sem caixas, sem parentes por perto, somente eu , o Rubens e os meninos, mas as benditas caixas empoeiradas nos expulsaram e tivemos que ir pra casa da vovo de novo... O Dudu chorava para não ir pois queria ficar na casa nova mexendo nas caixas, fazer o que?

Sexta-feira. Para melhorar nosso humor, a infeliz da baba liga, exigindo o acerto de contas e insinuando que nos mudamos de casa para não pagar-lhe. Posso? So ouvi os gritos do Rubens falando com a meliante pelo telefone. Sexta foi um dia que começou e terminou corrido, não achávamos os talheres para o café da manha, os meninos estavam indolentes por não querem ir a casa da vovo, tive a primeira consulta com o cirurgião-plastico e por pouco não consigo a cirurgia para segunda-feira, visto a burocracia das autorizações. Felizmente deu tudo certo.

Cirurgião-plastico. Engraçado como esses médicos nos vêem: me senti uma peca de argila. Ele pegou minha mama mole, mexeu pra ca e pra la, franziu a testa e fez um bico engraçado. Enquanto isso eu pensava: meu peito deve estar feio mesmo, rs...
Depois, segurou minha banha abdominal, ou seja, meus pneus e puxou, levantou e abaixou sem dizer uma palavra. Rs... Apos a analise, me disse que retiraria a pele em excesso da mama e reduziria o mamilo. Não aconselhava a tirar do abdomem para preencher a mama pois não havia suficiente, dessa parte eu gostei, rs... Eu ganharia silicone mesmo.

Churrasco. No sábado, minha mãe inventou que daria um churrasco e ao me falar, com um sorriso de orelha a orelha eu perguntei:
- Churasco? De despedida? Rs... (humor negro)
Minha mãe se fechou e disse que seria so para reunir a família. Ai expliquei melhor:
- Churrasco de despedida do peito velho.
Ai todos riram. Na divisão de quem levaria o que, o Rubens disse que a maminha era com ele, mas so poderia leva-la na terca-feira depois da cirurgia, rs... Eu mereço...rs...

No dia, meu irmão numero 3 chegou com a saudação:
- Eu sabia que alguém nessa família ficaria careca antes de mim!
Palhaço...rs....
O churrasco foi legal, pela primeira vez meus irmãos não beberam (isso muito me agradou, não deve ter sido por mim, mas pela lei seca que entrou em vigor, rs...) Eu estava mais consolando que sendo consolada, visto que os meus dias de lagrimas haviam passado.

Domingo. No domingo, precisei tomar um tarja preta para agüentar a ansiedade de minha mãe, a bagunça da casa e a tropa de ajudantes, rs.... Ai tudo ficou bem, santo Vallium!

Pensando na cirurgia, imaginei se devia ir ao salão de beleza e fazer depilação. Contudo, pra que me submeter a uma depilação dolorida com cera se em breve a quimioterapia faria o serviço sem dor? Rs.... Alguma coisa boa a quimio tinha que me trazer, ne?

Segunda-feira. Senti na pele toda a expressão da lei de Murph, rs... Na segunda-feira, dia da cirurgia, fiquei menstruada. E mole?

Tive sorte com os médicos que me atenderam.

Rubens conseguiu uma licença e virou serviços gerais e aleatórios:
- Rubens, me levanta!
- Rubens, me deita!
- Rubens, os remédios!

Volto depois com o resto da historia pois cansei de digitar...
Bjs...



Às 07:37

0 Aqui também pode!

0 Comentários:

Post a Comment