<BODY> ~*~* Meu Bebê Dudu *~*~


Dudu




Meu filhinho Eduardo nasceu no dia 17 de setembro de 2005, às 1h 40, em Brasília/DF, pesando 3,915kg e medindo 51 cm, um garotão com certeza! Hoje ele está às vésperas de completar 2 anos. É um menino muito ativo, carinhoso e inteligente. Uma maravilha!


1º Blog – Gravidez
2º Blog – Parto
3º Blog – Vida de Bebê
4º Blog – Até 1 Ano



Mamãe




Meu nome é Catarina e sou autora desde blog que começou em 29/5/2005. Aqui estão registradas as experiências de uma mãe de primeira viagem muito feliz desde a descoberta da gravidez em 9/1/2005. Na época eu tinha 28 anos e 6 anos de casada com o Rubens, pai do Dudu. Deixo aqui nossos momentos de alegria, ansiedade, paz e luta para eternizá-los na memória dos que lerem este blog.



Papai




Este é o pai do Dudu e meu marido com quem sou casada desde maio/1999. Ele é um pai muito carinhoso e presente.



Irmão Guilherme




:: Blog do Guilherme



Na Barriga




A gravidez do Dudu foi o período mais feliz e pleno de toda a minha vida. A felicidade em estar grávida era tanta que todos os desconfortos foram recebidos com alegria. Fiquei grávida por 40 semanas e 3 dias, engordei 17 kg e aprendi bastante sobre gravidez e parto. Tivemos uma doula que nos ajudou muito antes, no dia do parto e depois dele, a querida Clarissa Kahn.



Parto




Senti as primeiras contrações às 10h 30 do dia 16/9 no trabalho, onde fiquei até às 17h. Minha intenção era ficar o maior tempo possível em casa evitando assim intervenções desnecessárias e assegurando a chance de ter um parto normal. Desde que engravidei meu sonho era trazer o Dudu ao mundo da forma mais natural possível. Assim, naquele dia senti a dor mais maravilhosa que existe e num turbilhão de emoções o Dudu nasceu após 6 horas de trabalho de parto ativo. Como foi fantástico sentí-lo sair de mim! Depois desse dia tive certeza que eu era capaz de tudo na vida e me sentia uma vencedora de maratona. Obrigada, Dudu, por ajudar a mamãe nesta hora tão crítica.



Amigos


:: Adri, Sofya e Emanuelle
:: Ageu e Matheus
:: Alê e Pedro Luís
:: Aline e Júlia
:: Aline e Bárbara
:: Aline e Ric
:: Alyne e Matheus
:: Ana e Lorenzo
:: Andreza e Teru
:: Ângela e Matheus
:: Bia e Lucas
:: Bia, Lucas e Thiago
:: Bia, Yohana e Yan
:: Bina e Brenda
:: Carla e Marina
:: Cris e Ícaro
:: Cris e Lucas
:: Cristina e Sarah
:: Cristina, Ingrid e Anne
:: Chrystina, Bruno e JP
:: Dani e Caio
:: Dedéia, Pedro e Júlia
:: Eva e Lucas
:: Fabi e Catarina
:: Jack, Ruan e Paulo Victor
:: Jane e Maria Júlia
:: Kátia Regina e Ana Luísa
:: Keila, Lucas e Gabriel
:: Keity e Lucas
:: Lílian e Nicolas
:: Lisa e Eduardo
:: Lívia e Miguel
:: Lu, Guilherme e Gustavo
:: Mary e Camila
:: Nádila e André
:: Noelma, Pedro e Ana
:: Paty e Gigio
:: Pri, João e Maria
:: Ranne e Maurinho
:: Renata, Isabella e Eric
:: Ruth e Davi
:: Roseli e Breno
:: Ryvane e Ana Clara
:: Selma, Alex e Natália
:: Simoni e Henrique
:: Tábata, Gab e Gui
:: Taci e Danilo
:: Telma e David
:: Valéria e Júlia
:: Valéria e Tikinha
:: Vanessa, Davi e Pedro
:: Ví e Amélie (senha)
:: Vi, Thiago e Júlia
:: Rosileide e Ana Beatriz
:: Bia e Biel
:: Camila e Helena
:: Kelly e Eduardo
:: Fran e Madu
:: Fê Biel e Gui
:: Flávia, Giovanna e Miguel
:: Roberta, Lucas e Diego
:: Mara e Bia
:: Lígia e Vivi
:: Lea e Davi
:: Fabi, Babi e Bia
:: Débora e Dudu
:: Fê e Amandinha
:: Vivi e Francisco
:: Márcia e Mel
:: Simoni e ?
:: Thaty e Alice



Visitas




Mural





Hoje é...






Música





Link-nos


Pegue nosso selinho





Pegue nosso selinho





Pegue nosso award







Passado


Blog Antigo

Arquivos:
Julho 2007
Agosto 2007
Setembro 2007
Outubro 2007
Novembro 2007
Dezembro 2007
Janeiro 2008
Fevereiro 2008
Março 2008
Abril 2008
Maio 2008
Junho 2008
Julho 2008
Agosto 2008
Setembro 2008
Outubro 2008
Novembro 2008
Dezembro 2008
Janeiro 2009
Fevereiro 2009
Abril 2009
Maio 2009
Junho 2009
Julho 2009
Outubro 2009
Março 2010
Maio 2010



Parceria



Blog Brasil Acadêmico


Créditos



Conceitos Design

eXTReMe Tracker





quinta-feira, 2 de abril de 2009

Lilypie 3rd Birthday Ticker



Pós-quimioterapia/radioterapia


Olá amigas!
Sumi, né? Rs...
Bom, as boas notícias são que acabei a radioterapia na quinta-feira dia 19 de março. Fora as queimaduras no peito e debaixo das axilas, e não poder usar sutiã, rs, fiquei bem. O outro peito, coitado, fica escondido atrás de minha bolsa quando saio de casa, pois a situação é lastimável, rs... Dias depois do término, senti dores na região das costelas quando respirava fundo e quando me deitava. A médica disse ser um quadro inflamatório que às vezes acontece e me passou um remédio. Para esses médicos tudo “é assim mesmo”, “é assim mesmo”, eles nem deixam a gente explicar direito o que está sentindo. Afe! É assim mesmo, rs...
Eu estava pensando como me sinto alegre por terminar mais essa etapa do tratamento contra o câncer. Felizmente, minha memória se encarregou de me fazer esquecer as dificuldades do ano passado. Tenho a sensação de que tudo passou num piscar de olhos: do dia que descobri o caroço na mama até hoje, como se tudo tivesse acontecido em questão de segundos.

Nem consigo pensar no passado, só sinto-me feliz por desejar um futuro longo. Penso em muitas coisas boas a realizar, a conquistar e a viver. Sinceramente, não pretendo nunca mais ter câncer, rs... Fiquei um pouco surtada com os efeitos da quimio me transformando numa monstra de TPM eterna, rs... Pensei em fazer tanta besteira...
Contarei depois....

Quanto ao tratamento, ficarei tomando um inibidor de estrogênio por 5 anos, o tamoxifeno. Talvez, a médica me passe o zometa, remédio que tem prevenido a osteoporose e a reincidência de câncer. Bom, isso quando ela voltar à clinica, visto que se afastou desde o carnaval por conta de um acidente com seu pai. Ando cavando nas terras do Google tentando encontrar novos estudos e medicamentos auxiliares no combate ao câncer. Esse zometa encontrei por lá e encherei minha oncologista de perguntas, rs...

Por enquanto, continuo de licença e não decidi se voltarei a trabalhar. Em alguns momentos penso em voltar ao trabalho, mas em outros não...deixarei essa decisão para o futuro...
Às vezes fico muito cansada, minhas pernas parecem que não agüentarão caminhar, os calores continuam desesperadamente me causando agonia e urticária nas mãos e pulsos. Estranho, né? Meu braço às vezes dói, depois pára. Ultimamente sinto dor na região das costelas quando respiro mais forte, mas deve ser efeito da radio.

Fiz um milhão de exames, exagero...., e estou sem nenhum sinal de metástase. Inclusive um nódulo na mama esquerda desapareceu. Beleza, mas estou decidida a tirar a outra mama de qualquer forma.
Próximo passo será me matricular numa academia, pois sou obrigada a fazer atividade física de impacto para evitar a osteoporose. Fazer, o quê, né? Do jeito que sou, pode ser que eu me torne uma atleta, rs..., duvido!

Cabeleira. Minha cabeleira está crescendo, mas ainda não tive coragem de largar a peruca... eu e meus problemas de apego... Estou parecendo a Cássia Eller, lembram? Aquela cara de detenta, olheiras azuis, rosto branco-gelo e cabelo tosado. Rs.... Não está tão feio assim.... O problema é que quando não se tem cabelo para enfeitar, precisa-se de maquiagem e roupas, num grau de produção diferente de jeans/camiseta. Só de pensar me dá preguiça, falta de dinheiro e coragem para usar um manequim 46, rs...
Estou bem... vamos dizer: roliça....Antes da quimio eu pesava 66kg e hoje a balança perambula na casa dos 80kg seguindo um ligeira tendência de alta, rs...
Tentei diminuir a quantidade de comida para verificar se eu conseguia perder peso, mas não durou, pois na semana seguinte peguei uma gripe horrorosa e fiquei com medo. A nutricionista me recomendou muito cuidado, visto que toda perda de peso significa para o corpo perda de imunidade. No meu caso, que fui portadora de um tumor, a perda de imunidade é péssimo negócio. Estou achando que virarei uma gordinha feliz e acima de tudo saudável, rs.... Até que não é ruim... eu trocaria a magreza por uma vida loooonga e redoooonda...rs....

Escola dos meninos. Escreverei depois, mas vou adiantar que tive uma contenda (uma forma amena para dizer que armei um barraco) com a coordenação/professora do Guilherme naquela escola “perfeita” onde matriculei os meninos. Rs...
Além disso, recebi reclamações do comportamento dos meninos... contarei a história também. E reclamei de outras “futilidades”.

Finalmente decidi me endividar até a alma num financiamento imobiliário e viajar sem os meninos numa segunda lua de mel.
Segundo o meu marido a quimioterapia matou meus poucos neurônios e endoidei de vez. Rs...
Ah, tem ainda as peripécias de minha nova empregada que devora toda a comida, ou melhor, mimos que compro para os meninos.

Beijos a todas e volto para contar os detalhes.



Às 12:56

1 Aqui também pode!

1 Comentários:

Fico feliz demais de vc assim, guerreira! Bom que o pior já passou! rsrs Saudade de vc! Bjo nos lindos!

By Blogger TÂMARA, at 17 de abril de 2009 04:30  

Post a Comment